segunda-feira, abril 23

Esse ano 39, ano que vem 30 e 10

Hoje estou completando 39 anos. Meu último ano na casa dos 30. Estou, desde já, em pânico. Pânico esse nada justificável, afinal, entrarei nos 40, com certeza, bem melhor do que metade dos meus 20 – lembrem-se que eu passei metade dos meus 20’s acima dos 100 quilos.

Eu estava me lembrando de um blog de uma brasileira aqui na Holanda há uns 8 anos, logo que eu cheguei aqui. Ela contava que tinha ido à praia com um lindo biquininho vermelho, e um senhor, cuja esposa usava um esdrúxulo biquini enorme e florido, ficou olhando pra ela. Aí ela discorreu umas 5 laudas sobre o desleixo e mau gosto da gringa, e concluiu que ela mesmo é que estava certa, com o biquininho vermelho e os olhares “admiradores” do marido da tal gringa. Na época eu, também ainda estranhando a forma de se vestir das holandesas, achei que a tal brasileira estava certa. Hoje? Bah, que asneira falou aquela moça…

Admiro que as mulheres por aqui, pelo menos as que eu conheço, honestamente se preocupem mais com a saúde e bem estar do que em caber dentro do biquininho minúsculo. Ninguém quer ser gordo, claro, mas a neurose das mulheres brasileiras, aqui não existe. Admiro demais que elas se vistam como gostam e se sentem bem, não tem nada de ficar seguindo modinha. Imaginem que eu cresci na escola e no clube metido a besta da cidade, ouvindo que usar maiô é pras barangas, afinal, quem quer esconder é porque é baranga mesmo. A tal senhora do biquinão de flores grandes, ah que sortuda ela – usar um biquinão confortável, que não fique entrando no forébis, assando tudo… Sim, porque me desculpem as fãs de biquinis entrentos, mas dá pra ver quem é brasileira nos resorts internacionais pelos biquinis menores e entrando na bunda – sempre!

Tenho a impressão que os holandeses julgam menos, e que as pessoas ligam menos para o julgamento dos outros. Hoje eu estava trocando uns e-mails com uma brasileira que diz que não usa biquini desde os 5 anos, que vai à praia de bermuda e camiseta, e vou contar-lhes, ela deve ter uns 20 kg a menos que eu. Isso acontece porque a gente foi criada naquele país do caramba, onde há que se ser boa de bunda, onde o povo olha mesmo descaradamente, e fofoca mesmo descaradamente, e condena mesmo descaradamente, cada celulitezinha, cada graminha a mais. Blé pra todo esse povo. Um grandessíssimo blé. Blé pra esse povo todo que tá pagando carnê da casas Bahia e tá gastando os tubos em drenagem linfática, em lipostabil, em creminho Lipocontour da Lâncome.

Então, hoje, aos 39, começo a preparar-me pros 40. Sempre tive medos dos 40. Preciso preparar o físico, quero sim emagrecer alguns quilinhos, menos da metade que me aconselhou o médico brasileiro. TENHO, em maiúscula, que começar a “educação física”, porque ninguém envelhece saudável paradona como eu sou. E o mais importante: tenho que assassinar e enterrar a brasileira dentro de mim que pensa que eu tenho que ter o corpinho de capa de revista e que se não o tiver, tenho mais é que colocar uma burka ao ir à praia.

Como vocês podem ver, os próximos 12 meses serão de preparação física e psicológica intensas.

E que venham os 40!!!

7 comentários:

Lud disse...

Oi, Adriana!

As holandesas é que estão certíssimas: com tanta coisa nessa vida pra fazer, ficar na neura do corpo perfeito é bobagem!

Parei com isso faz um tempo, e aí também não fico reparando/comentando o corpo alheio. Uma beleza!

Aliás, maiô é ótimo para nadar, caminhar, correr. Biquininho que a gente tem de ficar ajeitando o tempo todo é uma chatice.

Beijos e jornada rumo aos 40!

Alice disse...

Amém!

Sheila disse...

Parabéns pelos aninhos. Um menina ainda, eu já completei 51!!!E posso te afirmar que não é nada mal, desde que consigamos de fato nos livrar dessas neuroses brasileiras.

E bola pra frente!!!

Helena disse...

Adorei seu comentario. Ha pouco tempo fui criticada por uma amiga, pq eu estava c o cabelo p/ o alto e vestindo uma calca larga. Ela falou que meu marido ia acabar me largando. Que???? Mereco, viu.

Helena disse...

Adorei seu comentario. Ha pouco tempo fui criticada por uma amiga, pq eu estava c o cabelo p/ o alto e vestindo uma calca larga. Ela falou que meu marido ia acabar me largando. Que???? Mereco, viu.

Eliana disse...

Olha nem vou entrar em detalhes sobre o que eu penso desta escravidão da beleza, da moda, porque iria ficar enorme. Nasceu no dia de S Jorge, hein? Pega a espada, ajeite o escudo, suba no cavalo e seja feliz. Claro, cuidar da saúde é importante, ter uma aparência bem cuidada também é, é auto estima, mas pra tudo tem limite. Felicidades e parabéns pelo seu aniversário.

Rossana disse...

parabéns, Adriana! Pelo aniversário e seu posicionamento maduro e visão primeiro mundo. Muito bom!
Rossana