sexta-feira, junho 29

Afe Maria

Lembram-se do colega que esteve afastado por 8 meses porque teve burnout? Pois então, ele está de volta, trabalhando só meio período. Essa semana ele me contava que apesar de estar de volta, ele sabia que ele não estava conseguindo tomar conta de nada, que ele estava apenas fazendo as tarefas “amenas” do portfolio dele, mas é que ele ainda estava se sentindo muito estressado.

Dr. Alice vai brigar comigo, mas… como pode uma pessoa que está em casa há 8 meses de licença se sentir estressado? Mas anyway…

Aí ele me contou que o nível de estress dele é tão intenso que o médico recomendou uma terapia alternativa muito eficiênte: koe knuffelen. Estávamos conversando em holandês, e meu “celébro” logo enviou a mensagem: você entendeu errado sua anta, o cara disse qualquer outra coisa e você entendeu que o cara vai abraçar uma vaca.

Colega, o que é mesmo que você vai fazer? O colega responde: abraçar uma vaca!

Eu juro que se esse povo não fosse doidésimo eu ía achar que o cara estava tirando onda comigo. Mas, colegas, essa terapia existe aqui sim, você pode abraçar a vaca no campo, abraçar a vaca numa barn ( como se diz barn em português? ), deitadinhos numa cama de palha, e acreditem se quiser, a terapia com um porco ao invés da vaca também existe, um baita porcão aliás.

Só posso dizer uma coisa, caros leitores: afe maria, que gente doida.

E para quem quiser ver, é só googar koe knuffelen ou varkens knuffelen.

8 comentários:

Eliana disse...

Este povo precisa de "Jesus no coração" e aprender a ser gente e a se relacionar com gente. Isso é falta de relacionamento humano. Olha, não me conformo com certas coisas, não. Abraçar uma vaca...acho que ele deviar era abraçar a mãe, a tia, filha, a irmã, a mulher, a namorada, um amigo, enfim...todo mundo...mas uma vaca ou um porco...puts...não que eles não mereçam um abraço, mas vamos combinar que isso é doideira....

vcdarcie disse...

Eu ja ouvi falar varias vezes que animais ajudam na recuperacao, mas um cachorro, gato... essa de vaca e porco primeira vez que ouço.

Daniela Pedrinha disse...

Vixi... abraçar uma vaca vai resolver o estresse do sujeito como? Ele tem abraçado a tal vaca no pasto ou barn (celeiro em português) há 8 meses?? pelo jeito não resolveu mta coisa..hehee.

Bruna. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruna. disse...

Oi Dri, seu blog é muito bom! Parabéns..sempre entro aqui mas quase nunca comento..mas, na boa, eu tbm nao sabia que abraçar uma Vaca era negócio..Se soubesse ja havia sido curada do stress..no sitio do meu tio tem um monte de vaca pra abate hahhaha :)

Rossana disse...

Imagina se a moda pega aqui no Brasil... ahahah...

Marcia disse...

hahahahahahahahaha!!!Só na Holanda mesmo!

Aline Matos disse...

Aqui na Holanda não se abraça nem se beija muito por isso dão 3 beijos em vez de dois e com isso tá tudo incluído. Nórdicos são frios em demonstração de afecto para com a família e amigos. Portugueses e brasileiros beijam e abraçam sem peso nem medida. Tá em nós e no modo como fomos educados. Somos quentes e gostamos de contacto. Talvez a vaca ajude a longo prazo visto que a família e os amigos não possuem essa qualidade de abraçar!!!