segunda-feira, abril 19

O jardim vai sair!


Ando sumida, eu sei… Estou correndo atrás das coisas do bendito jardim.

Recebemos a cotação do "hovenier" ( calçador ), e decidimos ir fazendo o jardim mais ou menos aos poucos, deixa eu explicar. Pedimos pro cara cotar o calçamento da parte da frente, que está um lamaçal, será um calçamento simples, bem resistente ( afinal o carro tem que ser estacionado ali todos os dias ); também a instalação de piso numa área de 40 m2 do jardim, ele vai fazer uma lage e colocar pedra chinesa no tamanho 1mt X 1 mt e um ponto de tomada. A "offerte" ( cotação ) ficou em € 5.800, incluindo 60 mt2 de grama e todos os impostos, agora vamos chorar pra reduzir o preço da grama e ver se ele faz parte dos serviços "no black".

Digo que faremos o jardim mais ou menos aos poucos porque esse ano não vai rolar o tetinho de vidro, porque esse custará outros 5 mil euro-mangos e nossa prioridade depois do jardim é o "zolder". Sem o tetinho não compraremos móveis novos, e vamos ter que quebrar o galho com nossas cadeiras de jardim IKEA e as caminhas de tomar sol feiosas da Praxis.

Holandeses, quando estão reformando alguma coisa adoram contar tim-tim por tim-tim pros colegas e se você quer iniciar uma conversa com 100% de garantia de participação, é só falar do novo jardim, ou do piso, ou de sei lá o que que você está reformando. E olha, é muito útil, porque dentre os tantos pitacos que você vai receber, sempre tem uma ou outra dica boa. Vejam essa, todos os vizinhos fizeram uma cerquinha viva na frente da casa com buxus, então fomos no domingo ver preços de buxus no Intratuin ( rede de lojas de coisas pro jardim ), temos que comprar 45 buxus. No Intratuin cada Buxus custa 10 euros, então a gente quase caiu duro, olha o preço da cerquinha! Hoje um colega me deu o link de uma fazendinha que vende plantas e o preço do buxus lá é 60 centavos, olha a diferença! E é a mesmíssima planta. E nessa fazendinha eles tem também árvores a um terço do preço do Intratuin.

Enquanto isso, ficamos aqui torcendo pro tal vulcão islandês voltar pro seu sono profundo, porque daqui a pouco mais de um mês estamos indo de férias. Muitos colegas afetados pela paralização dos aeroportos, não sei nem como a agência faz com o pacote turístico, se tem reembolso ou se remarcam. Uma comadre perdeu as miniférias em Portugal, outra que está sem poder voltar de Salvador ( ó que lástima… NOT! ), fornecedores cancelando viagens programadas, e o povo transferindo tudo quanto é vôo pra Dusseldorf ou Paris. Sexta-feira a tal nuvem de partículas ( sei lá como chama fuligem de vulcão ) era ultra visível em Eindhoven, só não entendo porque é que todos os aeroportos holandesese fecharam e a uma hora daqui Dusseldorf ainda tá aberto. Eu é que não entraria num vôo nessas condições ni muerta.


2 comentários:

Joyce disse...

Oi Adriana, compartilha com a gente o link da fazendinha!! :) Os precos parecem bem em conta!!
P.S: Adoro seu blog!!

Mr.T disse...

Passa o link da fazendinha please!!!!