quarta-feira, janeiro 28

O saco está na Lua...

Estou cansada, profundamente cansada dessa bendita credit crisis. Estou cansada de só ver números 8 horas por dia na minha frente, e fornecedores desesperados, empresas menores, como nossos poucos fornecedores holandeses, lentamente virando a barriga pro alto, caminhando pro que a gente chama de "belly up". Nota zero pro governo holandês que não reage, não ajuda essas empresas. As maiores de alguma forma sobrevivem, mas esses menores, dá dó.

Eu recentemente falei do comodismo holandês, falei que às vezes acho que eles não estão nem aí, mas hoje percebi que eles se preocupam sim, talvez um pouco menos que o brasileiro, que tem sempre uma carga maior nos ombros, mas a diferença está na forma sutil deles demonstrarem. Não há arrancar de cabelos como há no Brasil.

Hoje, um colega que senta exatamente atrás de mim, após trabalhar um ano com contrato temporário, ganhou um contrato fixo. Ele estava muito emocionado, esse é o primeiro emprego dele e há 2 meses a namorada anunciou que está grávida. Imagine o alívio do rapaz. O mais legal é a felicidade de todos com a notícia, não só por ele, mas por todos nós.

Por todos nós porque na engenharia nenhuma contratação ou transferência é feita, enquanto aqui temos agora 3 vagas internas abertas, e agora essa temporária que foi aprovada como efetiva. Se a crise se aprofundar, claro que ninguém está "salvo", mas essas contratações indicam que pelo menos por enquanto, não há previsão de demissões.

E nessas, com a nova commodity, ando chegando em casa bem cansada e vou correndo pro meu livrinho 1808. Gente, cês já leram? Caracas, o livro DETONA os portugueses de uma forma que eu fiquei impressionada. Marcita, o livro foi publicado aí por essas bandas? Se foi, qual a reação? A gente começa a ler e não consegue parar. Eu só imaginava a cara do Portuga, aquele com quem eu trabalhei, lendo determinadas passagens. Ele que escreve textualmente sobre a superioridade portuguesa em relação aos brasileiros... Olha, não que o livro fale muito bem dos brasileiros, mas até agora não li um comentário sequer positivo a respeito dos portugueses. Será que existe algum livro semelhante sobre a colonização dos EUA? Ler sobre os costumes da época, os hábitos alimentares, os hábitos de higiene, como era Salvador e o Rio naquela época... Muito muito legal. Pena, muita pena, que livros no Brasil sejam tão caros. Esse 1808 estava esgotado quando estive no Brasil, tinha a venda só um "kit" do livro mais 2 DVD's, por mais de 100 reais. Não comprei, estou lendo emprestado.

6 comentários:

Marcita disse...

Lançaram o livro aqui e foi o maior bafafá. Eu comprei aqui. Não gostei da maneira como Laurentino escreve, sempre citando outras fontes. Esperava um texto mais corrido, não sei.
Quanto aos factos Dri, nada ali me chocou. NADA.
Portugal ainda é um país difícil para mim. Difícil dizer se amo ou odeio. Vivo uma relação agridoce.

Marcia-Rotterdam disse...

Vou procurar! É do Laurentino Gomes? E livro no Brasil custa mesmo uma bomba, ainda mais se eu compro daqui (é possivel pelo site da Livraria Cultura, e vem rápido).
Eu tenho amigos portugueses e no trabalho tenho clientes portugueses. É meio complicado lidar com eles, para dizer o mínimo, e muita coisa lá é burocrática, chata e ultrapassada. Mas gosto muito do país para passear.

pacamanca disse...

Eu sabia que voce ia gostar... :)

VickVapoRub disse...

Minha Cara,
Conhece Guerra Junqueiro? Foi um escritor português (dos bons MESMO) que escreveu um dos textos que nós (portugueses) mais adoramos: Chama-se "Pátria", foi escrito em 1896, e pode facilmente encontrá-lo fazendo um "google". Sim é sobre nós, portugueses, muito bem escrito e com qualidade literária. Não precisamos de literatura de cordel para nos dizer que o rei era gordo e fraco e ninguém tomava banho. Banalidades para vender papel. Há coisas REALMENTE bem escritas a falar mal de nós mesmos. Faça uma pesquisa (se tiver tempo) e deixe essa literatura popular...
Não resisto a transcrever um excerto de Guerra Junqueiro sobre o povo português: "Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas; um povo em catalepsia ambulante, não se lembrando nem donde vem, nem onde está, nem para onde vai(...)" Como vê, nada comparável com os bocejos banais desse autor de que fala.

Cumprimentos amistosos,

Luiza disse...

Lançaram o livro aqui mas o preço também é bem salgado! 18€ na FNAC.
Claro que o "orgulho português" foi ferido afinal "o que um brasileiro que não entende nada nada sabe sobre Portugal?!"
Enfim... Eu quero muito ler o livro! :)) Apenas ainda não abri a carteira... É a crise e que crise! hehehehe
Beijos.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,