sábado, junho 26

Eu preciso me acalmar

Vou te falar, quando você dá o azar de ter um vizinho filho de uma mãe, que não pensa um minuto em ninguém,é um sofrimento, viu.

Ontem estava um calorzão dos infernos, acabou o jogo do Brasil e eu pensei, que delícia, vou me refestelar no meu novo quintal. Só que era impossível ficar ali no ventinho, porque o vizinho desgraçado colocou um DVD no surround dele, do show da Mary J. Blidge ( nem sabia que essa dita tem DVD de show ), à um milhão por hora, e deixou as portonas abertas. Eu tive que trancar todas as janelas, a porta, e ficar dentro de casa lendo. A vizinha do lado, que tem um bebê de 6 meses foi lá pelas 7 tocar a campainha dele pedir pra ele abaixar.

Hoje o mesmo maledeto está churrasqueando desde o meio dia, o que não é um problema, o vizinho do lado também está, o problema é que ele tem um parente que mora num apartamento com 3 crianças, e ele sempre carrega esses desenfelizes pra cá pra fazer arruaça. E é grito de criança o dia inteiro. Adicionado a isso hoje tinha um bebê que chorou sem parar.

Passei de novo a tarde trancada em casa. Não quero arrumar briga com vizinho, mas é barulho demais. Esse bebê chorando é o bebê do domingo, que sempre vem na casa deles, e esse desenfeliz chora o tempo todo.

O povo acha que "ah, criança é assim mesmo". Mas pô, respeito é bom e todo mundo gosta. Se seu filho é uma boca de caçapa que só de olhar ele tá fazendo manha, fica em casa, meo. Quem tem filho sei lá se acha que ele é lindo demais e todo mundo TEM que achar ele lindo, ou sei lá se tá também tão de pacová na lua que tá pouco se lixando se vai incomodar os outros, mas NÃO FUI EU QUE BOTEI BACURIM NO MUNDO!

Gente, ó, não é ser cricri demais, eu acho normal uma criança cair e chorar, ou falar alto e os pais falarem pra moderar, mas não é normal criança fazer manha chorando o dia todo.

Bom, não acalmei. Vou ouvir uns mantras com fone de ouvido, meditar sobre a falta de "loção" da humanidade. Valium no leite dessa criança já!

4 comentários:

Marcela disse...

Eh um pouco dificil julgar um bebe chorando e dizer logo que eh manha...pode ser choro de colica, de dente pra nascer,etc.O problema eh pais europeus na maioria deixa o baby chorando sem fazer nada pela crianca, esperando q o coitado cry himself to sleep. Boa sorte com os vizinhos.

Daniela Pedrinha disse...

Ahh sei não, eu concordo com a Dri, se a criança não se comporta ou não se dá bem em lugares estranhos, por que forçar a barra e e ainda encher o saco dos outros?

Meu filho qdo pequeno se comportava e não fazia manha. Eu tinha noção de onde podia levar e qdo deveria me mandar. Enfim.. tem gente que não pensa assim e como a Marcela disse, deixa o pequeno parar de ranhetar sozinho.

Mas nenhuma criança chora à toa, errado são os pais que não dão atenção a uma coisa que pode ser importante ou grave.

Qto ao vizinho sem educação... eu daria um jeito de cortar uns fios de energia que vão para a casa dele.. aahhh daria!

Wilma disse...

Os seres humanos são sempre parecidos em qualquer lugar do mundo, pensei que por aí as pessoas tivessem mais consideração a vida alheia, aqui também tenho um vizinho q quando está em casa é som pro quarteirão inteiro, apesar de gostar das musicas, às vezes enche o saco! Parece q só mesmo na Suiça a coisa é menos, o barulho lá é super controlado...vizinho lá não pode ser incomodado, oh que maravilha!!

Sheila disse...

Caramba, concordo contigo. Eu tive 3 filhos, todos agora criados. Mas como o terceiro nasceu na Holanda, pude fazer algumas comparações em termos de cuidados com o bb. E a impressão que ficou foi que a maioria das mães deixa chorar,como se isso fosse fazer bem à criança .

Uma conversinha amistosa não ajudaria? Afinal, não é justo vc abrir mão de seu descanso...