segunda-feira, setembro 24

Sou fofo, sou fofo!!! "Autoria: Lollo"

Fazer regime é que nem correr: você é 100 mt rasos ou maratonista?

Conheço algumas pessoas que fazem a tal da reeducação alimentar, vão emagrecendo aos poucos. Pra falar a verdade, conheço pouca gente que obteve sucesso assim, mas dizem os médicos ser a forma mais consciente de perder peso e manter o peso perdido… well, perdido!

O mais comum é a gente ver alguém gordo e reencontrar meses depois magro e levar um susto: quantas vezes vocês já não passaram por isso?

Tenho um amigo que, por motivos que desconheço, se propôs a perder 15kg em 15 dias. A argumentação é válida: melhor sofrer intensamente por 15 dias e ter o problema resolvido, do que sofrer moderadamente por 15 meses.

Eu na verdade tenho um problema diferente: eu não tenho força de vontade suficiente pra passar fome 15 meses, se eu começo com a pataquada da reeducação alimentar, em um mês eu desanimo, a escorregadinha vira um pé na jaca, e a vaca vai pro brejo – o peso perdido em 3 meses está de volta em um fim de semana! Não há motivação que ajude.

A ex-consulesa ( lembram-se do codinome do blog da Holandesa? ), já de volta ao Brasil há algum tempo, andou adicionando várias fotos memoráveis no facebook. Ali eu vejo que uma coisa boa e uma ruim, a boa é que eu estou estacionada há uns 6 ou 7 anos, senão mais. A ruim é que estou estacionada no módulo “pança”, ou seja, tô gorda. Daí, concluo que:

1)      Preciso fazer uma dieta para perder vários quilos ( ao menos 10, desejável 15 )

2)      Da mesma forma que estou mantendo, aos trancos e barrancos, desde 2005, continuar mantendo o peso mais baixo pós dieta, o que vai requerer certo esforço, mas é possível

Estou tentando achar no fundo de mim mesma a força necessária pra perder esses 10 quilos, e terá que ser 100mt rasos, porque não conseguirei manter por muito tempo. Tá difícil organizar a agenda, estou indo hoje pra uma feira na Alemanha, rolarão jantares com fornecedores e almoços sanduichinhos. Na volta, teremos nossa apresentação anual pro diretorzão, trabalharei até as 8 todos os dias, não terei tempo de malhar, de cozinhar, e vai rolar muito sanduichinho também. Depois disso vou pra Portugal, e não vou fazer regime, pronto. Vou sim tentar me manter jaqueando só nas refeições, se as andanças compensarem, quem sabe pelo menos não ganho peso.

Então, o que me resta, é fazer meus 100mt rasos do dia 23 de outubro ao dia 7 de dezembro – da volta de Lisboa até a viagem pra Tailândia.

E porque estou escrevendo isso tudo aqui, já que jurei nunca mais falar de regime porque é um papo chato à beça, e todo “regimeiro” é um cara chato, que jura que fazer regime é fantástico, que malhar é formidável e que ele está o maior gostosão da paróquia? Porque se vocês, regimeiros chatos como eu, conhecen apps, programinhas, comidinhas truquentas, ou qualquer outra forma de auxílio na perdeção de banha ( gente, já ouviram falar num programa a base de açaí que jura que é tiro e queda? ), deixem aí sua dica, ou por favor mandem um e-mail. A única coisa que sei ao certo é que farei low carbs, porque preciso de qualquer forma consumir menos carbos por causa do dumping. Qualquer ajuda tá valendo.

Help, amigos fofos!

23 comentários:

pacamanca disse...

Diet leads to binging. PARA COM ISSO! 98% das pessoas que fazem dieta engordam de novo depois de um ano, e grande parte engordam mais quilos do que perderam. DIETA NAO FUNCIONA - se funcionasse, não existiria dieta. Eu estou tentando reduzir o glúten porque vi que melhorou um pouco a psoríase quando cortei, mas não estou paranoica.

POR FAVORRRRRR leia "Overcoming Overeating", "When Women Stop Hating Their Bodies", "Breaking Free of Emotional Eating". Enquanto houver comidas que consideramos proibidas teremos vontade de comê-las, simples assim.

Helena disse...

Oi, acho que nunca comentei no seu blog, mas ja leio ha algum tempo. Recentemente fiz a dukan diet emagreci 4kg, mas estava sonhando c arroz e enfiei o pe na jaca. Agora estou tentando cortar os carbs pelo menos e msm q eu deslize no dia seguinte eu volto ao normal. P/ passar os cravings de acucar eu faco um pacote de sugar free jelly, c meio copo d leite e 2c sopa d iogurte bato tudo e como, fica otimo, melhor que nda. Realmente o negocio eh se educar, mas eu sou mau educada e como 1 pote de sorvete d uma x, meus olhos sao maiores q a barriga. Experimenta esse site c dietas de low carb: http://dukanitout.com/ Boa sorte x

Patricia disse...

Oi Adriana! Eu perdi 12 kg em um ano e pouco...bem lentamente (1 kg por mes), e tenho mantido. Comecei a controlar as calorias, a cortar as comidas congeladas e enlatadas e preparar eu mesmo minha sopa/saladinha para levar ao trabalho (alem de fruta como snack), muito smoothy a noite (tenho aquele Magic Bullet que ajuda a preparar as vitaminas, super prático - eu uso suco de laranja, não leite). Na época fiz um pouco de zumba, que é a única atividade física que não detesto. Ah, e claro, nunca tenho em casa biscoitos, bolos e afins...hoje em dia nem chocólatra sou mais. Tem tb o Miracle Noodle, que fiz por algumas semanas (caloria quase zero, com um shoyo e uns legumes dá para encarar). Boa sorte!

vickie disse...

Dieta eh coisa do passado. Tipo anos 60 quando todo mundo queria ficar tao magra quanto a Twiggy (ja viu que andei muito chao, ne?) Naquele tempo os medicos(geralmente endocrinologista) receitavam pilulas para emagrecer que eram nada mais do que super dose de anfetaminas. Foi assim que a pobre Judy Garland morreu. Minha amiga: as historias de horror que poderia contar pra voce...Fiz todas as dietas do planeta e perdi todo o peso que queria, so para ganhar tudo de volta e mais. Gastei fortunas numa dieta de liquidos, supervisionada por medicos, psicologos, terapeutas, you name it... Perdi uns 10 quilos em 6 meses so para ganhar, em um ano e pouco, mais de 20 quilos de volta. Juro. Se uma pessoa quiser realmente emagrecer, tem que mudar de vida e habitos.Se REEDUCAR. E a ideia eh muito simples: exercicio (nem que seja 1/2 hora por dia de caminhada rapida) e comer comida saudavel e em doses pequenas (como as francesas). Leva tempo, dependendo do numero de quilos que voce precisa perder, mas eh uma REEDUCACAO, pra vida inteira. E se voce precisar de um empurraozinho, vale a ajuda de dietista, treinador fisico e psicologo.
Beijos e sucesso!!

pacamanca disse...

Vickie, as francesas comem creme de leite, manteiga, croissant, biscoitos, tartelettes, queijo pra cacete... So que nada disso é tabu, todo mundo come quando esta com fome e quando acaba a fome para de comer. Nao existe comida saudavel ou nao saudavel; experimenta fazer um mes de brocolis pra ver se nao da um tilt no seu organismo. O que a gente precisa é parar de ficar obcecada com comida. Deveria ser completamente natural e primitivo: ta com fome? Come. Ta com fome de que? De x? Come. Passou a fome? Para de comer. Os europeus comem assim e é todo mundo magrinho.

vickie disse...

Pacamanca, voce esta certa: deve-se comer quando se tem fome. Mas acontece que eu me mudei para um pais que odeia tudo que da prazer. A comida, entao ... Dai os MacDonald's da vida, que engordam e viciam e depois da depressao. Quando falo em comida saudavel, falo da comida da minha infancia. Carioca e filha de italianos, tive o que era de melhor dos dois mundos: muito legume, muita fruta fresca, feijao com arroz, queijo de minas com goiabada (dilicia), pouca carne e bastante peixe. Hoje, faco o que posso porque, infelizmente, nao sei cozinhar como o meu pai (ele fazia o melhor espaguete com atum temperado com hortela...Aqui nao encontro o atum em posta, e se encontro nao eh fresco e vem da China.) Quando a gente parava de comer, a gente falava de comida pra passar a fome... LOL!!
Recado pra Patricia: cuidado com esse Miracle Noodle... quanto tem de potassio e sodio? E chocolate amargo faz bem se comido com moderacao.

S. W disse...

Reeducação alimentar + exercício físico. 27kg a menos em 9 meses.

Jaboticaba Preta disse...

Quando mudei pra Holanda eu achava um absurdo o povo todo se torrando no sol, mas tomar sol (vitamina D) foi a única coisa que me ajudou a perder peso.

Camila disse...

Emagreci 10kg ao rever minha alimentação. Troquei refrigerantes por água, sucos por frutas, aumentei a quantidade de legumes, verduras e proteínas. Diminuí bem a farinha de trigo refinada, tenho preferido carboidratos integrais e, mais importante, não compro produtos altamente processados. Às vezes - o que tem sido cada vez mais raro - como besteiras e, assim como disse a Paca, não encano. Aproveito cada pedaço, como com gosto. E foi com o mesmo gosto que empacotei hoje 1/3 das minhas roupas, que já estão largas demais...

Denise Fernandes disse...

O problema todo está na relação que tens com a comida.. enquanto ela for o seu foco principal, não vai adiantar fazer nada... enquanto não resolver a sua relação com a comida, não emagrecerá... vais voltar sempre a engordar... Eu já emagreci 5 quilos em 2 meses e ainda não comecei a fazer os exercícios.. apenas como para viver e não vivo para comer... prefiro alimentar-me de forma saudável e busco prazer em outras coisas.. como olhar no espelho e ver que estou menor e o grande prazer de vestir um short que não vestia há muitos e muitos anos.. mas é claro que tive ajuda externa de uma super profissional de coaching! boa sorte na sua vinda a Portugal.. vais adorar.. eu vivo aqui e sei o quanto isso é lindo!!! Se precisar de um help, estou por aqui!!!

Denise Fernandes disse...

O problema todo está na relação que tens com a comida.. enquanto ela for o seu foco principal, não vai adiantar fazer nada... enquanto não resolver a sua relação com a comida, não emagrecerá... vais voltar sempre a engordar... Eu já emagreci 5 quilos em 2 meses e ainda não comecei a fazer os exercícios.. apenas como para viver e não vivo para comer... prefiro alimentar-me de forma saudável e busco prazer em outras coisas.. como olhar no espelho e ver que estou menor e o grande prazer de vestir um short que não vestia há muitos e muitos anos.. mas é claro que tive ajuda externa de uma super profissional de coaching! boa sorte na sua vinda a Portugal.. vais adorar.. eu vivo aqui e sei o quanto isso é lindo!!! Se precisar de um help, estou por aqui!!!

Alice disse...

Eu sou relax, faço "educação física" 2 vezes por semana, yoga e como (muito!) sem neuras. Vc sabe que eu só emagreço quando como sem parar e pouco, no método dos Weight Watchers e similares. Nas fotos da Consulesa tb estou estável-baleia. Que seja!

Raquel disse...

Oi Adriana, acompanho seu blog há uns seis meses e este é o meu primeiro comentário, pois acho que posso contribuir. Nos primeiros três meses morando aqui na Europa,foram 6 quilos a mais. Quis tomar uma atitude que mudasse o rumo das coisas, pois tenho tendencia a engordar, sempre tenho que ficar me policiando... Fui a uma nutricionista no Brasil que me acompanha por email, mas com menos frequencia que gostaria. Ela me ensinou a anotar o que como diariamente - chatissimo - mas fundamental para você ter noção de quando está estrapolando o seu limite diário. Eu uso um app que posso acessar no computador e no BB - myfitnesspal.com - incluo meu peso semanal lá - Comprei uma balança que mede gordura corporal - peso nas segundas e sextas. E assim, depois das primeiras sessões com a nutricionista, abdquei de algumas coisas - principalmente cerveja (tomo vinho no lugar), croissant e queijo parmesão. Procuro tanto nos finais de semana e nos dias de semana tomar o mesmo café da manha e sempre faço lanchinhos durante o dia - fruta de manhã e um biscoito que chama Digestive a tarde...Procuro sempre que possivel tomar sopa a noite, mas sopa consistente, com verduras e macarrãozinho... Não acredito nas dietas que te fazem passar fome e sofrer, acho que tem que ir na boa, emagrecer devagar, evitando os excessos. Vai fundo que dá. Abraços!

Erzenholz disse...

Oi Adriana,
a unica saida mesmo e a reeducação alimentar e um pouco de atividade fisica, sem isso os resultados alcançados com as dietas nao se mantêm.
Meus truques: chá de Hortelã pra tirar a fome e chá de urtiga (acelera o metabolismo).
Tb não compro nada de biscoito, chocolate, nozes e todas essas cosias que acabamos comendo qdo estamos ansiosos. As bebidas doces tb nao entram em casa, só agua memso.
Qdo somos convidados pra jantar fora ou em dias especiais como d etudo com moderação, no outro dia compenso com legumes e frutas e muito liquido. Boa sorte. Eu tb detesto essa luta contra a balança, mas fazer o que, ne?!

Eu disse...

Oi, Dri.
Eu imagino que deva ser bem difícil mesmo, então me solidarizo a vc nessa questão.
Vc já tentou procurar aí um nutricionista que possa te elaborar um cardápio diário personalizado?
Dieta não é comer menos, mas comer as coisas certas. O problema do sobrepeso é o sedentarismo, que acho que afeta a todos nós nos dias de hoje, mas acima de tudo, comer as coisas erradas. Não tem problema nenhum comer um chocolate aqui e alí ou um sanduíche, mas se vc fizer a lei da compensação, já não fica tão ruim assim. Por exemplo, um dia vc come saudavelmente, subsitui um pedaço de torta por um iogurte com cereais (sei q não é a mesma coisa, mas quem com o tempo, vc vai se acostumando), come salada, legumes, etc. No dia seguinte que vc vai ter q ficar no trabalho até tarde e vai comer mais sanduíches, tudo bem, não tem problema, mas aí, no dia seguinte a isso, vc já tenta pegar mais leve de novo pra compensar os exageros do dia anterior e assim vai. Acho que um nutricionista ía sim ser uma ótima idéia pra vc pq ele vai poder produzir um cardápio saudável com base no seu dia a dia, ou seja, vc não iria passar fome e o peso, como consequencia natural, ía diminuir.
Beijão

pacamanca disse...

Eu acho isso tudo horrivel, gente, sinceramente. Reeducaçao alimentar nada mais é do que dieta com um noome politicamente correto. E dieta nao funciona. Na Europa inteira NINGUEM faz dieta, isso nao existe, ninguem come nada integral, os produtos light ou diet sao pouquissimos, adoçante ninguém nunca ouviu falar, ninguem toma leite desnatado, ninguém substitui uma coisa gostosa por outra gostosa mas menos calorica. E ninguém é gordo. Pra que nutricionista? Nao estamos todas carecas de saber o que engorda e o que nao? O que faz mal e o que nao? E dai? Alguem consegue passar a vida sem enfiar o pé na jaca? E sem se sentir o coco do cavalo do bandido depois de enfiar o pé na jaca? Eu fiz diario alimentar por ANOS A FIO e me ajudou muito a entender o quanto eu comia, mas acho que tudo o que é paranoia deve ser evitado. A gente tem que parar de ficar o tempo todo pensando em comida. Tem que voltar a ser primitivo e a comer quando esta com fome, parar quando acabou a fome e so comer o que esta com vontade. Quantas de nos nao se entupiram de sopa antes de ir pra uma festa achando que de estomago cheio seria mais facil resistir às tentaçoes, mas chegando la comeu do mesmo jeito? Comigo acontecia direto. DIETA NAO FUNCIONA. RESTRIçAO NAO FUNCIONA - a gente se rebela e acaba querendo muitissimo coisas que nos mesmas proibimos. Isso é masoquismo, coisa de maluco. Quem quer passar a vida contando caloria? Eu emagreci pacas com o bodybugg, mas é uma perda de tempo enorme, e eu tava ficando maluca ja, correndo no lugar antes de dormir pra chegar no meu déficit de calorias antes de meia-noite. Ninguém merece viver assim, temos mais o que fazer da vida. Pelo menos eu tenho. E nao quero morrer sem nunca mais ter botado uma colherada de brigadeiro de panela na boca. Tenho jantado sorvete ultimamente porque era exatamente o que eu queria comer naquela hora. Meu café da manha hoje foi uma xicara de M&M's, porque hoje era o que eu queria comer (ontem nao foi). Volta e meia saimos pra jantar fora e eu nao como porque naquela hora nao estou com fome. E vou dizer uma coisa: nao engordei nada. E estou pensando em comida MUITO MENOS do que antes, quando eu acordava pensando no que queria comer e nao podia, e ia dormir pensando no que nao deveria ter comido e no que gostaria de comer se pudesse. Tenho muito o que evoluir ainda, mas estou me sentindo MUITO melhor, mais livre e sem paranoias.

Camila disse...

Paca, não concordo com o que você disse sobre reeducação. Aqui em casa não entra nada light, nada diet. Cozinho com manteiga, ontem mesmo fiz manteiga de ervas... e compro o leite mais gordo que encontro, com 3,8% de gordura e dele faço um iogurte delícia, branquinho, consistente, como eu não encontro no mercado.
Integral sim, já que os pães alemães são assim, com muitos grãos e as farinhas mais variadas.
E é possível se reeducar com relação a porção, é possível se reeducar e aprender escolher bons alimentos (prefiro batata frita de verdade, feita na hora, às chips de saquinho, cheias de sal e aromatizantes), dá pra aprender novas maneiras de comer mais legumes, dá pra aprender a reconhecer fome e satisfação, dá pra aprender quando é a hora de deixar o garfo no prato e parar de comer, ao invés de se entupir de comida e passar mal depois... Dá pra se reeducar e se recondicionar pra não comer doce sempre na frente da tv, ou sempre que o dia for ruim, ou sempre que passar na frente de determinada doceria e "não resistir".
Enfim, dá pra se reeducar e melhorar a relação com a comida, que o corpo acompanha.

Denise Fernandes disse...

Cara Pacamanca, não sei em que parte da Europa é que vives, mas posso dizer a você que no país onde vivo, há sim milhares de opções de alimentos saudáveis, orgânicos, diet, light, inclusive uma lei do governo obrigou as padarias a diminuirem a quantidade de sal nos pães, nos alimentos enlatados e até no MacDonald´s já sentimos muito menor teor de sal. Há diversos tipos de adoçantes e é bem certo que grande parte da população não está interessante em dietas, mas há tambem aqueles que se importam como é o meu caso. Há muitos produtos para diabéticos, veganos e tudo o que possa imaginar em termos de alimentação saudável. Que maravilha! :)

Erzenholz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Erzenholz disse...

acho que quem tem tendência a engordar não pode se dar ao luxo de comer o que quer na hora que quer. Nâo se deve exagerar e se privar de tudo, isso tb não acho bom, mas pensar sim no quê e quanto comer. No inicio é mais difcil, mas depois melhora e faz-se automaticamente. Aqui na Suiça conheço mulheres que fazem controle alimentar, qdo engordam um quilo já correm a tras do prejuizo, o que é mais fácil do que qdo deixa acumular. Nos supermercados encontramos muitos produtos dos vigilantes do peso e tudo mais...aqui em casa comecei cedo com meus filhos (3 e 5 anos): muita fruta, muitos legumes e produtos integrais. Sobremesa só em dias especiais. Quero que eles aprendam cedo a se alimentar de forma mais equilibrada. E assim mesmo, não temo os gens da Gisele Bündchen, ai temos que ter cuido e sempre recomeçar e não se deixar desaminar...

Patricia disse...

Vickie, só experimentei o Miracle Noodles na época que estava perdendo peso, e comi pouquíssimo...hoje em dia cortei os enlatados, comida congelada (que levava ao trabalho)e os alimentos processados em geral. Sou vegetariana (o que não quer dizer necessariamente saudável) e amo saladas e frutas.
A minha teoria com relação à magreza das francesas tem um explicação: cigarro. Aquele povo fuma demais! O mesmo na Itália. Nunca li muito sobre o assunto, mas minha prima engorgou 8 kg depois que parou de fumar. Deve ter uma relação aí.
E eu não acredito muito nesta história de parar de pensar em comida. Penso sempre! Mas ao invés de comer um bolo, uma bolacha, faço uma salada de frutas, como um pessego, uma laranja. Me restringi para perder o peso que queria, mas tb nunca cortei carbs, nem doces (a descida foi lenta!). Se comia no almoço, maneirava na janta...ainda é assim e tenho mantido o peso. Cada um sabe o que funciona para si! Bjs

Wilma Santos disse...

Bem, também ando querendo achar uma fórmula mágica, mas não existe, porém conheço muitas pessoas que emagreceram de várias maneiras e não voltaram a engordar. A verdade é que tem que equilibrar o q come e ingeri menos. Estou seguindo não à risca uma chamada Dieta Nota 10, só para ter noção do q como, porque sempre achava q o bom senso me dizia, mas não, olho gordo não deixa. É simples pra contar e dá opção de não fazer ginastica, q no momento não tò a fim. Estou gostando, mas é aquilo q todos sabemos,mínimo de carbo, legumes, verduras e proteínas e guloseimas poucas, não pode ser diferente nunca disso. Uma coisa q me inspira e ajuda são os blogs de quem já conseguiu e mudo bastante os meus alimentos do dia-a-dia, mas como de tudo, chocolate, doce de leite, mas pouquinho e junto as refeições com bastante fibras. Acredito q este seja o caminho pra emagrecer pra sempre. Eu estava estacionada há anos no mesmo peso, 75k, agora luto pra sumir com os 5kg, não é fácil, mas estou no caminho...Hoje li o blog ema-yesican.blogspot.com.br eliminou 22kg em 8meses, dê uma espiada lá e se inspire. Tem o da Larissa, www.meuemagrecimento...
tem o da Lufrancesa... Boa Sorte.

Marcia disse...

"Os europeus comem assim e é todo mundo magrinho." Leticia, vê-se bem que nunca morou na Inglaterra e Alemanha, hahaha! Principalmente na Inglaterra.
Eu, só com bicicleta todo dia e não comendo os sanduíches horrorosos do trablaho, já emagreci 3 Kg. E espero perder mais. E continuo com a minha cervejinha.