terça-feira, fevereiro 10

Um pouco mais de cores...

Minha família, por parte do meu avô materno, é italiana, duma cidade perto de Padova. Há muitos anos, ainda no Brasil, comecei a ir atrás da papelada pra requerer a cidadania italiana. Com toda a papelada na mão fui à um desses advogados que cuidam de processos de pedido de cidadania italiana e ele me avisou: vai ser caro e demorado. Mesmo assim, eu comecei o processo. Naquela época eu pensava: com as coisas feias no Brasil, poder trabalhar legalmente na Europa é uma dádiva.

Para mim, que só conhecia a Europa à passeio, todos os países que visitei pareciam ótimos para se morar.

Hoje estou aqui, já a 6 anos quase, e mil vezes por dia penso em como seria bom se eu desse uma de louca e convencesse FH a imigrar para outro país. Sabem, fora algumas esquisitices desse povo, eu até gosto das coisas aqui na Holanda, mas esse frio... Não é só o frio, é esse céu cinza, essas árvores peladas, me deprime demais! Desde o sábado não se vê o sol, e não há previsão de melhora tão cedo. Lá no fundo tem uma vozinha perguntando: Adriana, você vai conseguir encarar isso por mais 30 anos?

Sei lá, povo, sei lá. O clima e a língua, duas coisas que me fazem infeliz. Mas será que em outros países com clima melhor e uma língua mais "user friendly" eu seria mesmo mais feliz? De novo, sei lá. Eu leio blogs de brasileiras em outros países europeus e algumas me parecem passar por até mais dificuldades. Por exemplo, morar no Sul da Espanha, perto da praia, falando espanhol, quentinha praticamente o ano todo, o paraíso, né? Só que essa região tem um dos mais altos índices de desemprego da Europa, e um dos menores níveis salariais. Então eu teria o sol, mas não teria grana pra aproveitá-lo. E sinceramente, vocês já perceberam que eu não lido muito bem com a pindaíba, né?

Bart outro dia falou em mudar para a Philips da Inglaterra, a divisão dele tem escritórios em Southport. Bom, já resolvia o problema da língua, e casas no UK podem ser mais baratas que na Holanda. Só que, pesquisando o weather channel, tem ainda menos dias de sol que aqui. Isso sem falar que as fotos da região não são lá nenhuma Brastemp.

No fim, é aquela história, quem é medroso como nós, prefere lidar com os problemas conhecidos do que se jogar numa aventura que pode resolver esses problemas, mas também trazer outros, que não temos idéia do que seriam.

Já me disseram que vida de imigrante sempre é acompanhada de um descontentamento ou outro com relação ao país escolhido para morar. Será? Não consigo mesmo imaginar o problema que uma pessoa pode ter na Austrália, por exemplo. Falando inglês, clima maravilhoso, economia estável... Será ilusão? Quais serão as desvantagens desses países onde eu acho que eu seria feliz?

Desculpem-me pelo assunto recorrente, mas hoje o céu está cinza demais, o ar gelado demais, as pessoas usando preto demais, as árvores fantasmagóricas demais, a única coisa de menos é o meu ânimo pra aturar tudo isso.

16 comentários:

Eliana disse...

Dri, a Austrália tá em chamas...tira da sua lista...um monte de gente sem casa e mortos...e do outro lado do mesmo país, tudo embaixo da água...

Dani disse...

nenhum lugar é perfeito. mas alguns são melhores que os outros. a parte mais desenvolvida da austrália vive um momento de racionamento de água e temperaturas altíssimas. como a eliana disse, está em chamas. e eu não sabia que a outra parte tava embaixo d'água. :/

pacamanca disse...

A coisa mais chata da Australia é a distancia. Vai ser isolado assim na casa do chapéu, vou te contar. Pra mim isso conta MUITO, infelizmente. Meu marido é apaixonado pela Australia e adoraria morar la', mas so' de pensar que pra dar um pulo em Paris tem que ficar um dia inteiro com a bunda sentada no aviao me da' vontade de chorar.

p.s. Vou responder ao teu email amanha, hoje to com preguiça

Marcia-Rotterdam disse...

Casas inglesas mais baratas, Dri? De onde você tirou essa idéia? Onde interessa morar ( Londres e arredores), é mais caro, as casas novas são um lixo, uns caixotes, e putz Southport é no ** do país, literalmente. E para ter tempo ruim, melhor ficar aqui né?
Eu adoraria morar na Espanha também, mas você já deu o motivo para não ir e as outras para riscar a Austrália da lista.

Anônimo disse...

Dri, eu tb achava que a Austrália devia ser o paraíso até eu ir para lá. Confesso que me decepcionei com o país. A viagem valeu porque eu estava com um amigo de infância e juntos dirigimos toda a costa do Queensland em um mês. Passamos por perigos típicos de lá como raias, tubarões, cobras e iguanas, por sorte não vimos crocodilos. Cheguei até a acampar em uma ilha deserta. Quem vê as fotos acha que era o paraíso mas só eu sei das picadas de mosquitos que levei e das queimaduras solares do meu amigo (o buraco na camada de ozonio está bem em cima da austrália). Australia never more! Cada vez que viajo para fora volta ainda mais apaixonada pelo Brasil. Bjos

Kate Le Fay disse...

Dri, eu tb achava que a Austrália devia ser o paraíso até eu ir para lá. Confesso que me decepcionei com o país. A viagem valeu porque eu estava com um amigo de infância e juntos dirigimos toda a costa do Queensland em um mês. Passamos por perigos típicos de lá como raias, tubarões, cobras e iguanas, por sorte não vimos crocodilos. Cheguei até a acampar em uma ilha deserta. Quem vê as fotos acha que era o paraíso mas só eu sei das picadas de mosquitos que levei e das queimaduras solares do meu amigo (o buraco na camada de ozonio está bem em cima da austrália). Australia never more! Cada vez que viajo para fora volta ainda mais apaixonada pelo Brasil. Bjos

Sheila disse...

Me solidarizo com você, Dri. Também sofro com o frio, o cinza, o idioma....mas ainda não consegui achar uma saída para isso. Complicado!!!

Por enquanto vamos em frente vivendo um dia após o outro...

Beijinhos,

Sheila

Que tal o Hawai???

Anônimo disse...

Na Espanha ganha-se menos mas o custo de vida é mais barato que aí por exemplo. E vou te contar, prefiro viver com menos grana que viver eternamente com esse tempo "triste" que é deprimente.
Beijos

Adriana disse...

Povo, me desculpem, mas acidentes naturais acontecem em qualquer país, inclusive no Brasil. As enchentes em Sta. Catarina por exemplo, não é a primeira vez que acontece e nem por isso St. Catarina deixa de ser um lugar bom pra morar ( em Florianópolis pelo menos ). Chuva passa, seca passa. Paca tocou num ponto estrutural, a distância. Mas se vir para a Europa de lá é um pé no saco, a Asia está ali do ladinho. Eu só não sei como é o nível de emprego, situação do mercado imobiliário, essas coisas realmente importantes.

E Márcia, assistimos sempre o "Escape to the Country", e não iríamos para morar em Londres. Mas vemos casas do preço da nossa com cozinhas enormes e quintais maravilhosos. Mas vc não é a primeira pessoa a me dizer que Southport é o fiofó do Reino.

Anônima, o custo de vida na Espanha não é muito mais baixo que na Holanda não, acho que depende muito da região. Na cidade de San Sebastian, o apartamento de 80m2 da gerente da planta que visitamos custou mais de 300 mil euros. E os preços no mercado são bem semelhantes. O que eu achei mais barato é sair, ir pra restaurante, coisa que eu faço pouquíssimo. Roupas custam exatamente o mesmo que aqui. Então eu teria que viver com menos grana mesmo, muito menos grana. Talvez um dia eu troque os tutus a mais que eu tenho, para ter o sol de lá, mas por enquanto... vou levando.

Ana disse...

Dri, amygha, você quer imigrar pra Inglaterra pra ver o sol ? E viver com menos grana, sejamos realistas, isso nao vai dar pra você amygha, guenta firme a Holanda, compra uma daquelas lâmpadas de luminoterapia, e bola pra frente. Mudança é sempre bom, mas geralmente vc se livra de certos problemas e arrumar outros, como tudo na vida. Eu nao tenho a minima atraçao pela Australia, deve ser um Canada com praias, caro e longe do Atlântico...

Beyjas.

eliecy disse...

Adriana...

Ainda bem que tenho um marido de "mente aberta" e que topou vir pra cá. Quando ví dias nublados e verões que considerava inverno, falo sinceramente que fiquei triste!!! Olha que aqui no Rio em dia chuvoso eu nem saio!!! Meu marido disse que eu não sobreviveria na Holanda. Quem sabe...

A vida não é perfeita em lugar nenhum, e, nenhum lugar é perfeito. Temos que balancear os prós e contras e fazer o melhor para que possamos extrair o melhor das situações.

Abraços.

Wilma disse...

Pois é, Adriana, eu já me convenci que não há lugar perfeito, principalmente quando vejo todos dizerem que o Rio de Janeiro é a mais linda cidade do mundo, que o Brasil é o país das maravilhas!!!euheim. Também não sei, mas trocaria o Brasil pela Holanda sem conhecê-la, se erraria. O frio e o cinza fazem com que se dê mais valor ao Sol e é por um período, aqui no RJ são três dias de 42graus e quatro entre várias temperaturas!!! Não há saúde, guarda-roupa, humor que resista!!! Aff!!

Wilma disse...

Ah... esqueci de dizer que amei o novo visual do blog, rsrsrs até fiquei com vontade de mudar o meu.

Marcia-Rotterdam disse...

Emprego e casa boa na Austrália é o que não falta, até onde sei. Se não tivesse, muita gente não emigraria para lá. Mas sei lá, a Ana definiu bem o que deve ser, como sempre, hehehe. Bom, cada um sabe onde aperta o calo, eu fico mais feliz com 4 graus do que com 40, como está agora por lá.

Ana disse...

que eu lembre, a Mirella do Mikix (www.mikix.com) que imigrou no Canada quase na mesma época que eu, fez o processo pra Australia, chegaram a viver um tempo por lah, mas acabaram voltando pro Canada, que convenhamos é bem mais gélido do que a Holanda...porque eu nao sei, mas deve ter algum post no blog dela onde ela fala disso, comparando as experiências.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,