quarta-feira, julho 8

Relaxa Adriaaaaaana...

Deus que não me castigue, mas eu tô contente com a chuvinha… Eu moro no meio de um bairro em construção, é terra pra todo lado, e depois de 3 semanas sem uma gota de chuva, a terra virou um pó fino que entra por todas as frestas, o chão vive cheio de um talco insuportável, os gatos estão pardos… Ah, mas choveu, que bom. Agora pode parar.

Fiquei pissaroca da vida porque deixei pra encomendar meus maiôs no último minuto e já estavam esgotados. Acabei pedindo um que ficou grande, devolvi, e na hora que fui encomendar o substituto, vi que chegou mais do maiô que eu originalmente queria. E o biquini, esgotado a mais de mês, também chegou. Eita como eu fiquei feliz!

E no domingo, aproveitei que o Bart estava assistindo um programa besta qualquer e fui pro cinema assistir "The proposal". Bem bonzinho, viu! Bom, eu gosto da Sandra Bullock, e o par romântico ( que eu lembro vagamente de algum outro seriado B C ou D ) é além de bonito, engraçado. Aparece a Sandra Bullock quase pelada, senhor, que corpo! Sei lá se rolou manipulação digital, luz, ou se ela é bonita daquele jeito mesmo.

E pra encerrar, deixa eu contar mais um dos meus "causos holandeses" proceis.

Bom, ceis sabem que minha casa nova foi entregue "no cimento", né? Isso quer dizer que no último andar, debaixo do teto, tem o tal zolder, que é gigantesco e dá pra fazer 3 enormes cômodos. Eu e o Bart estamos a tempos esquentando a cabeça com o layout e como fazer isso ou aquilo, e na reunião da cerquinha com os vizinhos um deles comentou que fez os tais 3 quartos. Eis que o Bart ficou me atentando pra eu ir pedir pra eles pra gente ver o que eles fizeram. É eu sei, porque não vai ele mesmo pedir, mas ele é tímido, e a bem da verdade, foi ele que organizou várias outras coisas da casa.

Com as comadres e os colegas holandeses com quem falei, todos disseram que não tem o menor problema, que é só tocar na campainha do vizinho ( que eu mal conheço ) e combinar um dia, mas eu me imagino em SP, tocando a campainha do vizinho que eu mal conheço e pedindo:"posso ver sua casa por dentro?"… O vizinho ía bater a porta na minha cara e me dar o dedo do meio. Então, só sei que me embuí da pouca coragem que tenho e mandei um e-mail. Hoje chegou a resposta do vizinho, todo simpático, dizendo que é só bater na porta deles e que não tem galho, eles deixam a gente ver… Não é o máximo? Estou tão feliz… Quem sabe ainda esse ano sai o zolder?

Mas uma coisa vou dizer, apesar de mal conhecer meus vizinhos, me parece que o povo por aqui é mais "receptivo" do que os meus vizinhos São Bernardenses. Lá eu morei 23 anos ao lado de uma vizinha que a gente nunca soube o nome!

É isso, all in all, tô felizinha que só.

4 comentários:

Sheila disse...

Que legal, um zolder planejado é tudo de bom. Moro num apê minusculo, como sinto falta de espaço...

Bem, já comigo, minha experiência com os vizinhos é inversa à sua. No Brasil ( eu morava em S.Paulo, bairro Jabaquara) eu conhecia e tinha uma relação legal com quase todos os vizinhos ( até hoje, a bem dizer...).

Já aqui, moro num prédio de 8 andares, 8 aptos por andar. Conheço e me relaciono bem com minha vizinha do lado( que qdo chegamos nos virou um pouco a cara, ao saber que éramos estrangeiros...mas depois de nos conhecer melhor passou a simpatizar mais) e é só, o restante mal nos cumprimenta.

Vc teve muito mais sorte, acho importante relacionar-se bem com vizinhos...

Abraços!!

Marina disse...

Pois é Dri, aqui em São Paulo eu moro em um prédio com 1 apt por andar e isso já prejudica um pouco o contato. Só conhecemos uma vizinha poque ela nos ouviu falando holandês no elevador e como ela já tinha estudado holandês isso facilitou a quebra do gelo. Tb não teria coragem de sair batendo na casa dos vizinhos aqui mas aí tb já pedimos pro nosso vizinho para vermos o zolder dele. O zolder da minha casa na Holanda é bem grande, o que nós fizemos foi um cinema super legal com direito a projetor, frigobar, microondas e sofá que viram cama de casal (bom para as visitas tb). Como somos viciados em séries e filmes e não temos filhos foi a melhor coisa que podíamos ter feito. No inverno não saímos do zolder!!

Marcia-Rotterdam disse...

Eu nunca tive boas relações com vizinhos no BR, e minha mãe também mal os conhece. Aqui eu só cumprimento, mas já briguei com uma vizinha idiota, mas sei que em bairros como o seu os vizinhos costumam ser bem educados, é importante para eles ter boas relações com os vizinhos.
Na Inglaterra tive ótimos vizinhos, que também frequentavam a minha casa e olhavam meus gatos.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,