sábado, julho 10

Aqui no interior do Congo...

A liquidação de verão está comendo solta. Atraída pela promoção dos calçados Esprit na V&D, lá me fui, de scooter que é fresquinho e dá pra parar quase na porta. Era exatamente meio-dia e o termômetro marcava 33 graus.

Não há uma brisa, um ventinho. Mas o pior: pelo menos aqui no interior do Congo praticamente nenhuma loja tem ar condicionado. Talvez em Amsterdam e Rotterdam seja diferente, mas em Eindhoven é raro.

Na V&D, os funcionários comentavam orgulhosos: instalaram ar-condicionado esta semana na loja! Na verdade, instalaram um cooling system, que refresca a temperatura em 5 graus, então ao invés de 33 tava 28 lá dentro. Eu, que quase não suo, saí de lá um lixo. As lojas vazias, quem vai encarar?

A Kruidvat estava o próprio inferno, quem não entra ali doente procurando remédio, sai.

Ontem fomos à um centro de jardinagem em Nuenem comprar nossa churrasqueira Weber ( não, não comprei o modelo chiquérrimo que eu queria ), e enquanto sentamos num banco pra esperar a guria pegar o produto no estoque, o termômetro da churrasqueira marcava: 42 graus! Sim, povo, dentro da loja, as 7 da noite!

E é por isso que a gente reclama, no Brasil é aquele calorão, mas há estrutura. Você vai num mercado e tem ar condicionado forte, no shopping, nas lojas, bancos... aqui... pffff...

Isso dito, achei meus pares de sapato, e saí de lá mais que depressa, estou agora lendo na cama com o ventilador na cara. Esperaremos a sombra se apossar do nosso jardim do éden pra churrasquear com a nossa Weber. Será que é tão legal quanto falam?

E pra cumadre: compramos o baldinho de acender, os carvões, o negocito de pegar fogo, o cabidinho pras espátulas... Só as espátulas que não compramos da Weber porque tinha uma promoção e ganhamos um set de 3 peças da Maistro.

4 comentários:

Claudinha disse...

comprei carvão novinho hoje também. churrasco na cabeça daqui a pouco. bjs.

Simone disse...

No dia em que deixei a Holanda, fim de junho estava 28C, mas quem disse que a sensação térmica era 28C? era no min uns 35C, e quando eu reclamava meu namorado olhava com espando: mas vc é do Brasil. Mas aqui não é assim não.

Bruno disse...

Achei a picanha aqui graças a você :D

Achei no Super de Boer um pedaço de Rosbif, mas no açougue também tem se vc pedir com carinho...

E comprei uma garrafa de 51 (15 euros.....) pra fazer pro sogrinho...

Hoje tem picanha com caipirinha antes do jogo!

Vida de brasileiro aqui é cara e precisar camelar, não?

Bruno disse...

Ah! Aliás, o Rosbif vem sem aquela camada de gordura que faz a picanha ficar macia, mas eu resolvi isso passando uma bela camada de manteiga por cima e deixando derreter na brasa.. fununcia!

Eu vi seu post no seu blog antigo ainda sobre isso, mas vc nao havia tentado fazer a carne ainda... não achei mais nada depois, vc conseguiu? Ficou bom?