quinta-feira, julho 29

A ocasião faz o ladrão

Apesar do título, eu vou aqui falar de livros! Comadre Holandesa fez um post sobre os livros que ela anda lendo, o que me lembrou da minha nova descoberta.

Quando eu comprei meu e-reader, há 11 meses, praticamente todos os livros que eu quis ler eu achei em torrent. A maioria dos arquivos "emprestados" na net são versões scanneadas e depois convertidas pelo Adobe. Dependendo da paciência do "capitão gancho" a qualidade do arquivo vai de muito boa a sofrível.

Os livros comprados legalmente online vem com uma proteção chamada DMR. Essa proteção é uma coidelouco, você pode por exemplo emprestar o livro pra um amigo por 30 dias, mas nesse periodo o DMR vai bloquear o livro pra você, e como num livro "físico", não dá pra emprestar pra mais de uma pessoa. Até então, ninguém tinha investido em programinha nenhum pra desabilitar o DMR, até que…

A Amazon colocou o Kindle no mercado, abaixou o preço drasticamente  ( tem Kindle novinho da silva por 180 dolares ), abaixou o preço dos livros digitais, e o que era uma raridade ( ter um e-reader ) virou coisa comum nos EUA. E aí valeu a pena um hacker investir num programinha pra desabilitar o DMR.

O resultado é que se encontra hoje em dia livrarias enormes de arquivos ePub impecáveis, e eu, que já amava meus pdf's, estou deslumbrada com os ePubs. Deixa só eu registrar que nesses 11 meses eu NUNCA comprei um livro, não sei nem como se faz, mas graças aos meus amigos "doadores de livros", eu tenho um livraria gigantesca esperando para ser lida.

Já li, desde que comprei o e-reader, de gracinha, todos os livros da série True Blood ( Sookie Stackhouse, uns 8 livros ), todos da série Brotherhood of the Black Dagger, reli os Twilight, a série Vampire Diaries, a série Vampire Academy - putz, quanto livro de vampiro - bestsellers como "The time traveller's wife", The lost symbol, The Hunger Games e a continuação Catching Fire, velhinhos como 1984, Wuthering Hights, sem falar nos águas com açúcar total do Sidney Sheldon, Stephen King, Nora Roberts, só faltou a Danielle Steel, mas acho que esses meu e-reader ía se recusar ;o)

Tenho na fila alguns do Saramago, o novo do Stephen King ( Under the Dome, mas as 2103 páginas me desencorajaram ), Admirável Mundo Novo ( meu favorito da adolescência ), os Percy Jackson, sem falar nos arquivos que ainda estão no computador esperando ser transferidos pro e-reader.

Estou agora lendo a série Ender's Game. O livro me foi indicado há uns 2 anos pela Pacamanca. Eu comprei em papel, mas no avião o marido me roubou o dito, já que eu tinha também um romance na bolsa, e eu esqueci. No site de scifi que eu faço parte, o Ender's Game foi eleito como o sci-fi do século, e eu resolvi que eu tinha que ler. Baixei os arquivos e lá estou eu, devorando o livro, que é bem doido e totalmente do jeito que eu gosto, sci-fizão total total total.

Mas Adriana, você não tem dó do escritor que não recebe os direitos autorais dos livros que você baixa? Tenho! Claro que tenho. E se pudesse entrar no site deles e enviar por paypal o 1 dolar por livro que lhes é devido eu o faria. Agora eu pergunto, e você colega, não tem dó do artista que não recebe os direitos autorais pelo MP3 que você baixa? Ou pelos downloads de Grey's Anatomy e House que você já fez?

Agora me digam, para fins de pesquisa, se há alguém aqui que NUNCA baixou um MP3, um seriadinho, um livro, um software "capitão gancho" da net, por favor deixe um oi no comentário, não precisa nem dizer mais nada...

6 comentários:

Fernanda disse...

Vc tá me convencendo a comprar um.
Tô meio que entrando em desespero pq acabou o espaço da estante de livros do "quarto da bagunça" e eu não quero encher a estante da sala com livros ...
Vou fuçar os posts antigos para descobrir o modelo que vc escolheu.

Holandesa disse...

OI!!!

Mentira! haha :D (tb sou 'asocial como todo mundo)...
Verdade é que se eu gosto muito do cd ou artista (como Phil Collins) eu compro o cd e dvd originalis. Mas, obviamente que já baixei MP3 de uma ou outra música, principalmente de música brasileira.

Filme eu até tentei, mas perdí a paciência!
Livros, eu compro, até mesmo no Ipad eu já comprei uns (como Hunger Games) e é tão fácil, que se eu não me cuidar, vou a falência! :p

Leticiabon disse...

Eu não tenho e-reader, ainda, mas não teria dó não dos autores. E tenho um ótimo argumento: não é cultura não? Pelo menos estou lendo, não estou roubando, não tô matando...

Adriana disse...

Holandesa:

Baixar de graça da net é ultra fácil também, e de graça ;o)

Eu baixei não só o Hunger Games como o Catching Fire sem pagar uma doleta furada.

Quer o arquivo?

Helga disse...

oi!

pacamanca disse...

Eu baixo tudo, filmes e séries, mas as coisas das quais eu gosto mais eu compro em DVD e CD (normalmente usados na Amazon ou no ebay). Livro eu ainda não me decidi a ler em e-reader... Estou ficando com pouco espaço pra livros de papel também, mas sei lá, não consigo me imaginar tendo um livro em outra forma que não em papel. Acho que eu seria o tipo que baixaria o e-book mas compraria o de papel, saca. #doentinha

Escuta, essa semana li In Defense of Food, do mesmo cara que escreveu The Omnivore's Dilemma, e pensei muito em você (mais especificamente naquele post que você escreveu sobre gastar mais pra comer coisas de qualidade, orgânicas e tal). Acho que você vai gostar do livro, é bem interessante e cheio de coisas que eu não sabia. Aprendi pra burro (e fiquei meio paranóica também, mas faz parte). Se você achar como e-book, vale a pena dar uma lida, é curto e rápido.