quarta-feira, junho 3

O pequeno mundo da Adriana

No jornal brasileiro: (…) um acento de avião, querosene, uma bóia laranja foram avistados a 600 km de Fernando de Noronha, na rota do avião da Air France. Os destroços poderiam ser do avião desaparecido. - Óquei minha gente, vamo pará de jogar acento de avião e bóia laranja em qualquer lugar, levem seus acentos de avião, porque eu sei que você tem um na sala de estar, pro lixão. Gente, que coisa ridícula, PODERIA ser do avião? Blé.

Ontem comemorei que finalmente o pai americano conseguiu a guarda do filho brasileiro que AINDA está com o padrasto no Brasil. Hoje, morrendo de vergonha, vi que o STF arranjou mais um motivo pra melar o caso. Dentre o vergonhoso joguinho de poder, há o argumento de que a adaptação do menino ao pai deveria ser feito no Brasil. Com'on people, o pai não vai levar o menino pro Afeganistão. Se bem que eu tenho dó do garoto, que agora já está apegado à irmãzinha e vai ter que viver separado. Que caso triste, blé.

Eu sou uma burra, ainda não entronizei a noção de que para os holandeses "tempero" quer dizer pimenta. Para eles, aquele monte de potinhos com nomes diferentes no mercado são só enfeites da sua carésima cozinha que vem com gaveta porta-tempero. A nova batata "extra gekruid" ( extra-temperada ) é na verdade umas meias-luas de batatas mergulhadas em pimenta cayenne. O frango provençal é lotado de pimenta dedo-de-moça, e olha que eu nem sabia que em Provence nascia a tal pimenta. Raros são os restaurantes chineses aqui que não apimentam os pratos, até o nasi ( arroz com leguiminhos, ovos e presunto ) aqui é apimentado. O mais famoso restaurante chinês de Eindhoven, o do Mandarin Hotel, faz um pato laqueado ( Pekin Duck ) de comer de joelhos, mas o chef coloca 3 pimentas fatiadas em cima do prato, como se fosse normal pato laqueado ser super apimentado. Eu sempre peço a pimenta à parte ou ausente, normalmente vou buscar a comida pra comer em casa, e abro o recipiente do pato ainda no restaurante, e não teve uma vez que o pato estivesse sem as tais pimentas. Mando trocar. E o saté? Eu amo molho saté ( de amendoim ) mas compro um pote do infantil, menos apimentado, e mesmo esse ainda é meio picante. Pimenta em comida de bebê? Aqui tem! Olhem os potinhos de comida para bebês com mais de 1 ano da Olvarit, tem sempre pimenta na lista de temperos. Eu acho um pouco demais, começar a fritar o estômago do seu bebê desde tão cedo. Blé.

Essa noite, dormi de pijama de meia-manga, sem meias, só com lençol e não passei frio! Se a Holanda tivesse sempre esse clima, eu estaria feliz de morar aqui. Dormir 8 meses com pijamão de flanela e edredom de pena de ganso é muito, muito bléééééé.

Faltam 7 semanas para as minhas férias na Grécia, e eu ainda não comecei minha dieta. Ser gorda é muito blé.


5 comentários:

Fernanda disse...

Eu ODEIO essa estória da pimenta!!
Fiquei pra morrer quando cheguei aqui com a Rafa com 1 ano e todas as vezes que éramos convidados para comer na casa de alguém os pratos vinham cheios de pimenta! Para eles, um prato simples quer dizer só a pimenta branca ou preta de todo dia.
Rafa passou MUITO tempo tendo sua comida levada à parte para jantares na casa da avó ou qq outro parente.

O STF melou isso de novo???!!!! Eu não sei o que é pior dessa estória inteira … vergonha

(e muito obrigada pela dica que vc me deu no blog! Como é a primeira vez que iríamos viajar pelos balneários daqui, estava achando que era normal pagar aqueles valores! Vou procurar uma outra agência de viagem para as próximas férias!!!)

Ana disse...

Atualizando : o "menino Sean" vai ficar no Brasil por enquanto, nao sei nem se se adaptando com o pai; os destroços do aviao foram mesmo encontrados. Beijos.

Marcia disse...

Não sabem temperar comida, pronto. Se temperamos à moda brasileira, reclamam que tem muito sal. Vai entender...aprendi a moderar no sal e caprichar nas ervas. Mas às vezes eu curto uma pimentinha sim.
Parece que o menino quer ficar no Brasil. Por direito o pai deveria ficar com o menino, mas o garoto já disse que quer ficar no Brasil...sei lá, tudo é blé nessa história. E esse americano que raptou a menina aqui e a levou para os EUA??? Isso também não é certo!

bluemoon2070 disse...

Olá Adriana,
O que ocorre é que a criança já tem 9 anos, e manifestou a vontade de permanecer no Brasil, com a família materna.
É sobre esse contexto que o STF acatou a liminar, que é uma decisão provisória, para a permanência da criança no país.
Na próxima quarta-feira sairá a decisão definitiva do STF.
Espero que seja a melhor para a criança.
Abraços,
Renata.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,